Atuação do Crea-ES nos primeiros 100 dias deste ano indica altíssimo desempenho da nova gestão

0
313
Foto: Assessoria Jorge Silva

Ao completar os 100 Primeiros Dias de Gestão à frente da presidência do Crea-ES, o Eng. Jorge Silva celebra resultados inéditos, alta produtividade e a solidificação da imagem e respeitabilidade pública da instituição

Um levantamento realizado pelas gerências das unidades para analisar as ações e atividades desenvolvidas nesse período indicou um arrojado desempenho nas ações da atual gestão, com resultados positivos, expressivos e que representam uma verdadeira transformação no Conselho.

“Estamos muito felizes por ter alcançado as nossas metas para os cem primeiros dias de nossa gestão. O resultado se deve ao excelente trabalho das equipes, a dedicação, a paixão e ao comprometimento dos nossos gestores e todos os servidores, com o trabalho incansável dos conselheiros e diretoria e o apoio incondicional das entidades de classe e instituições de ensino: SEE, SEEA, APEA, AEFES, SENGE, ATECNÓLOGOS, SINDTECNÓLOGOS, IBAPE, UFES, IFES, FAESA, MULTIVIX, UCL; da MÚTUA-ES e, de maneira especial, do CONFEA”, disse o presidente do Crea-ES, Eng. Jorge Silva.

Os números, que irão compor um relatório robusto das ações desenvolvidas nesses 100 Primeiros Dias, mostram que o trabalho do Crea-ES nesse período, em suas diversas esferas, possibilitou a abertura de mais de mil novos postos de trabalho e a regularização de mais de 50 mil obras e serviços de Engenharia, Agronomia e Geociências por meio de registro de ARTs em todo o Estado do Espírito Santo.

Foto: Divulgação

Uma fiscalização atuante, que realizou 3.565 ações fiscais nos primeiros 100 dias da atual gestão, através de vistorias, diligências e autos de infração, enquanto no mesmo período do ano passado ocorreram apenas 480 autuações.

A nova gestão também inovou, criando uma Equipe Técnica de Engenheiros Especialistas, que passou a acompanhar e orientar a equipe de fiscais e elaborar relatórios de vistoria técnica. Foram diversas vistorias técnicas que beneficiaram diretamente e indiretamente mais de 200.000 pessoas, entre elas milhares de moradores de condomínios e residências, micro e pequenos empresários, agricultores familiares e vários outros segmentos da sociedade. O trabalho teve grande repercussão social, gerou mais visibilidade para o Crea-ES, oportunidades de trabalho aos profissionais e mais segurança para a população capixaba.

As atividades de consultoria técnica também foram incrementadas e registraram um aumento no desempenho e na produtividade. Os dados evidenciaram um aumento de 35% no número de pareceres totais confeccionados. O número de Certidões de Acervo Técnico (CATs) emitidas tiveram um aumento de 21% no período.

Com ações orientativas e educativas na mídia, foi evidenciada a importância da contratação de profissionais legalmente habilitados para obras e serviços de Engenharia, alcançando e conscientizando mais de 1 milhão e 800 mil pessoas por meio dos veículos de comunicação do Estado.

O Crea-ES esteve presente em praticamente todas as mídias de TV, Rádio, On-Line e Impressa do Espírito Santo. De 1º de janeiro a 10 de abril de 2021, a Unidade de Comunicação registrou 112 inserções de matérias citando o Crea-ES nesses veículos. Em pouco mais de três meses de trabalho, o Conselho apareceu mais na mídia do que os anos de 2018, 2019 e 2020 juntos, um crescimento proporcional de 1127% em relação ao ano passado.

O relatório detalhado com as ações dos 100 Primeiros Dias de Gestão será consolidado e concluído na próxima semana.  Mas, para o presidente da instituição, Eng. Jorge Silva, a missão dada  pelos profissionais que o elegeram democraticamente, por meio do voto direto, está sendo cumprida.

“Mais segurança alimentar e obreira, menos acidentes e vítimas fatais. Graças à inovação, presteza, velocidade e qualidade de investimentos humanos e tecnológicos que implementamos em nosso conselho nesta gestão, estamos valorizando os profissionais e empresas da área tecnológica e protegendo a sociedade. Podem ter certeza que a mudança chegou”, concluiu o presidente do Crea-ES. Eng. Jorge Silva. (Comunicação Crea-ES)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here