Novo ranking digital dos bancos brasileiros mostra crescimento do cooperativismo

0
1178
Divulgação

A agência de ciência de dados Top Digital apresenta o primeiro ranking digital em 2020 dos 10 principais bancos brasileiros. E, além de destacar as maiores instituições do país, o destaque está na presença cada vez maior do cooperativismo nesse setor.

Elencando a partir do valor de ativos, o ranking ficou assim: Itaú, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Santander, Safra, BTG Pactual, Sicoob, Votorantim e Sicredi.

Ainda, o ranking digital formado pela somatória do número de subscrições nas plataformas de mídias sociais Facebook, Twitter, Instagram e YouTube, apresenta o Itaú como primeiro lugar com quase 11,3 milhões de subscrições. Já o Bradesco aparece em segundo lugar com 9 milhões e o Santander em terceiro com pouco mais de 5 milhões.

O Banco do Brasil aparece no quarto lugar com seus 4 milhões de subscrições, enquanto a Caixa ocupa a quinta posição com quase 3,9 milhões. E, logo após, o Sicoob possui quase 630 mil e ocupa a sexta colocação. Em seguida, o BTG Pactual, próximo dos 542 mil. Na oitava posição, o Sicredi apresenta pouco mais de 460 mil subscrições. Fecham a lista o Banco Votorantim com seus 130 mil subscritos, e o Safra com seus pouco mais de 3 mil.

O volume total de subscrições nas mídias sociais dos 10 maiores bancos do Brasil gira em torno de 35 milhões.

A ascendência do cooperativismo

O cooperativismo de crédito é conhecido por oferecer taxas e tarifas mais baixas que os bancos tradicionais e por visar o desenvolvimento social e a distribuição de resultados (lucro) aos cooperados. Mas esse não tem sido o único diferencial. Instituições financeiras cooperativas tem apostado seu investimento em novas tecnologias digitais para melhorar a experiência dos cooperados.

Segundo o diretor de Tecnologia do Sicoob, Antônio Vilaça Júnior, 78% das transações realizadas pelos cooperados, em 2019, foram por meio dos canais digitais. Desse montante, cerca de 56% foram por meio de ferramentas mobile, como os apps do Sicoob e Sicoobcard. “De 2018 para 2019 houve um crescimento de 36% na realização de transações pelos canais de atendimento. Essa evolução demonstra que as pessoas estão cada vez mais engajadas no modelo cooperativista”, disse Vilaça. (Mundocoop)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here