Presença de frente fria pode provocar chuvas

0
77
Foto: Divulgação

Veja a previsão do tempo completa

Para esta segunda-feira (04/10) a presença de uma frente fria no Centro-Sul do Brasil, promove chuvas bem distribuídas entre áreas do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Com condições para pancadas de chuvas de forte intensidade, elevado risco para queda de granizo e volumes expressivos em alguns pontos da região sul e sudeste. Já ao norte do país, as instabilidades ficarão deslocadas para o oeste da região. Na região nordeste e extremo Sul do país, a condição do tempo será firme. Inclusive no extremo sul as temperaturas serão baixas.

A partir de terça-feira (05/10)  a frente fria se deslocará de forma mais oceânica e em áreas de SP, sul de MG,  RJ e entre o norte do MS e sul de GO. Nos dias 06 e 07 a presença de cavados – áreas de baixa pressão –  irão provocar perturbações atmosféricas em áreas do Sul, de MS, sul de GO, SP, do triângulo ao sudeste de MG e no RJ, onde ocorrerão pancadas de chuva fortes e isoladas.

Confira a plataforma completa de mapas aqui

Saiba como fica o tempo em cada região: 

Região Norte
O padrão dos ventos favorece o deslocamento das instabilidades provocadas pelo forte calor e alta disponibilidade de umidade para o oeste da região. Deste modo, os maiores volumes esperados ocorrerão no AC, RO, oeste do AM e alguns pontos de RR. As chuvas poderão ser localmente fortes e ocorrer em um curto período de tempo. Sobre o PA e TO também existe a possibilidade de algumas localidades registrarem temporais, no entanto de forma bastante esparsa e com fraca intensidade. No estado do AP, as chuvas ficam concentradas no litoral e não avançam para o interior. De maneira geral, o calor diminui e os índices de umidade atingem patamares mais elevados o que poderá ocasionar uma sensação maior de abafamento.

Região Nordeste
Tempo firme em praticamente toda a região, devido ao fortalecimento dos ventos de leste, as instabilidades ficarão deslocadas para a região vizinha. Mesmo assim, a umidade oceânica poderá provocar algumas pancadas de chuva fraca e passageira entre o litoral norte da BA e PE. Ao sul do MA, devido ao forte calor, há condições para pancadas isoladas e mal distribuídas. Nas demais áreas o predomínio será de sol e temperaturas elevadas, sobretudo na parcela central do PI.

Região Centro-Oeste
A atuação de uma frente fria ajuda a organizar um canal de umidade sobre a região. Assim, existe a possibilidade de chuvas na metade sul do MT, praticamente todo o MS e alguns pontos do sul de GO. Vale mencionar que, em algumas localidades do sul do MS, as chuvas poderão ser na forma de temporais acompanhados de granizo. Já no nordeste do MT e norte do GO essas condições para chuvas são menores, mas não estão descartadas algumas pancadas isoladas e irregulares. O calor diminui, especialmente ao sul do MS e os índices de umidade não estarão em níveis críticos em boa parte do MT. No entanto, entre o leste do MT e norte do GO, a condição de temperaturas elevadas prevalece e os índices de umidade podem ficar abaixo dos 20% nos horários mais críticos.

Região Sudeste
A atuação da frente fria garante chuvas volumosas na metade sul da região. Essas chuvas poderão provocar acumulados significativos no Vale do Ribeira, no sul de SP, e também no Vale do Paraíba. As projeções indicam acumulados próximos dos 40 mm nessas localidades, com índices elevados para o risco de queda de granizo. As chuvas também chegam ao triângulo mineiro e oeste paulista mas os acumulados não serão tão elevados. Porém na metade norte de MG e ES a condição do tempo terá bastante variação de nebulosidade mas poucas chances para chuvas e o calor prevalece no norte de MG.

Região Sul
O posicionamento da frente fria mantém as condições para chuvas desde o norte do RS e todo o estado do PR. Inclusive no leste do PR, as chuvas serão volumosas podendo provocar acumulados na ordem dos 60 mm e os índices de instabilidade sobre o estado apontam para valores expressivos, indicando que essas chuvas poderão ser na forma de fortes temporais com elevado risco para queda de granizo. No norte do RS e SC, apesar dos volumes esperados não serem tão elevados, as chuvas poderão ocorrer de forma forte e em um curto período de tempo. Ao sul do RS, a influência será da região de alta pressão que está na retaguarda da frente fria, e este sistema está associado a uma massa de ar frio e seco, o que poderá provocar algumas geadas pontuais.

Veja os mapas destaques para hoje:

Chuva:


Temperatura Máxima:


Temperatura Mínima:


Condição para Geadas:

(Agrolink)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here