La Niña retorna no fim do ano, diz NOOA

0
326
Divulgação

Novas ondas de frio serão vistas até pelo menos meados de setembro

As temperaturas do Oceano Pacífico estão próximas da média climatológica, por isso, atualmente, o cenário é de neutralidade em relação ao fenômeno El Niño. Em profundidade, uma bolha de água mais fria começa a ganhar força e, nos próximos meses, esta água mais fria vai emergir no Pacífico Leste. Por isso, a tendência é de que na primavera o Pacífico Equatorial volte a esfriar e termine o ano com um viés negativo, mais próximo de uma tendência de retorno da La Niña.

Segundo a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (do inglês NOOA) anomalias negativas de temperatura subsuperficial persistiram em março de 2021. A partir de meados de março até o início de julho, as temperaturas subterrâneas estavam acima da média. Desde meados de maio as anomalias positivas de temperatura enfraqueceram. Anomalias negativas têm rapidamente fortalecido desde o início de julho.

Assim o El Niño neutro é favorecido durante o inverno do hemisfério Sul, enquanto La Niña é mais provável durante a primavera e verão 2021-22. As médias do modelo preveem La Niña para emergir na primavera de 2021 e continue até o verão de 2021-22. (Agrolink)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here