Alta do dólar e valorização externa elevam cotações do robusta no Brasil

1
851
Divulgação

Após as fortes desvalorizações em meados deste mês, os preços internos do café arábica subiram com força nos últimos dias, impulsionados pela alta do dólar e pela elevação dos valores externos da variedade. Nesse cenário, a liquidez e o volume de negócios envolvendo o arábica estiveram maiores, conforme colaboradores do Cepea. Nessa terça-feira, 28, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica fechou a R$ 424,23/sc, forte avanço de 4% em relação à terça anterior, 21. Quanto ao robusta, as cotações externas da variedade e o dólar operando em alta por boa parte da semana passada levaram agentes ao mercado físico, permitindo o fechamento de alguns negócios. No dia 28, o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 322,69/saca de 60 kg, elevação de 1,48% frente à terça anterior, 21. (Fonte: Notícias Agrícolas)

1 COMENTÁRIO

  1. A colheita do conilon,nao sofreu queda;mas sim houve uma previsao,como ao longo dos anos sofre com as previsoes de gabinetes e escritorio.Sem poder desconsiderar os alto custo destas previsoes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here