Mútua-ES na Estrada: Lançamento inédito de interiorização no Espírito Santo

0
182

Em um esforço inovador, a Mútua-ES, Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea do Espírito Santo, juntamente com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES), divulga o início do “Mútua-ES na Estrada”. Este projeto tem o objetivo de levar os serviços de atendimento presencial da Mútua-ES para as áreas mais distantes do estado, beneficiando aproximadamente 9 mil profissionais do setor tecnológico espalhados por essas regiões. A estratégia visa diminuir a distância entre esses profissionais e os diversos serviços e vantagens que a organização oferece.

Descubra as últimas novidades do AGRO Capixaba, do Brasil e além, diretamente no seu WhatsApp! Toque aqui para se juntar ao exclusivo grupo da Revista Procampo e esteja sempre um passo à frente!

O “Mútua-ES na Estrada” está agendado para acontecer de abril a maio de 2024, visitando as 12 inspetorias do Crea-ES com o propósito de fornecer atendimento direto. As cidades inclusas na rota são Cachoeiro de Itapemirim, Alegre, Linhares, Colatina, São Mateus, Aracruz, Venda Nova do Imigrante, Vila Velha, Santa Maria de Jetibá, Nova Venécia, Barra de São Francisco e Guarapari. Essa iniciativa visa não apenas ampliar a atuação da Mútua-ES pelo território capixaba mas também fortalecer os laços com os profissionais da engenharia, aumentando o envolvimento e a conscientização sobre as diversas opções de benefícios, seguros de vida, planos de saúde e apoios oferecidos.

Filipe Machado, o diretor-geral da Mútua-ES, expressou o valor significativo deste projeto para a expansão dos serviços da caixa, classificando-o como um evento histórico para a instituição. “Este é um passo sem paralelo na nossa trajetória, demonstrando nossa dedicação em satisfazer as demandas dos nossos membros em todo o estado, além de enfatizar nossa sólida parceria com o Conselho”, declarou.

Por sua vez, Jorge Silva, presidente do Crea-ES, destacou os benefícios dessa iniciativa, apontando que a expansão para as inspetorias marca um progresso essencial na missão de oferecer mais vantagens aos profissionais nos campos da engenharia, agronomia e geociências. “Esta ação também vem ao encontro das solicitações de mais de mil inspetores que, de forma honorária, se empenham em valorizar a engenharia nas regiões interioranas do estado”, acrescentou.” (Redação Revista Procampo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here