Faturamento da Nater Coop cresce 26% e se aproxima de R$ 2 bi em 2023 impulsionado

0
149
Foto: Natercoop

Resultado foi impulsionado pela comercialização de café, ampliação da rede de lojas agropecuárias e pelo fortalecimento do mix de produtos lácteos

Maior empresa do agronegócio no Espírito Santo, segundo o ranking setorial da agricultura e pecuária, a Nater Coop continua com negócios em expansão. A cooperativa divulgou nesta semana os resultados obtidos em 2023: faturamento de R$ 1,81 bilhão, 26% superior ao R$ 1,44 bilhão registrado em 2022 e 62% maior se comparado a 2021, quando faturou R$ 1,1 bilhão.

Quer receber as principais notícias do AGRO Capixaba, do Brasil e do mundo no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo da Revista Procampo!

O resultado foi fortemente impulsionado pela comercialização de café, pela expansão da rede de lojas de produtos agropecuários e pelo fortalecimento do mix de produtos lácteos industrializados. No segmento café, a Nater Coop bateu a marca de 1 milhão de sacas de 60 kg comercializadas, considerando o mercado interno e as exportações, superando em 40% o desempenho de 2022 e em 93% o de 2021.

As exportações foram um destaque à parte: foram 123,8 mil sacas de café e 1 milhão de quilos de pimenta-do-reino, que contribuíram com 45% do faturamento da cooperativa em 2023. A quantidade de café exportada foi 58% maior que a de 2022 e mais de três vezes superior à registrada em 2021, o que indica que o produto vem ganhando mercado mundo afora, alcançando 21 países. A pimenta-do-reino, que começou a ser exportada pela cooperativa em 2022, chegou a cinco países naquele ano e a 10 países em 2023. Os mercados explorados pela cooperativa estão principalmente na Europa e Ásia.

O diretor-geral da Nater Coop, Marcelino Bellardt, explica que a expansão dos negócios no segmento café faz parte da estratégia definida pela cooperativa para ampliar a representatividade do segmento. “Trabalhamos com variados tipos de café, incluindo arábica e conilon de excelente qualidade, cafés especiais produzidos em regiões do Espírito Santo e de Minas Gerais, conilon descascado, enfim, uma gama diversificada de cafés produzidos por nossas famílias de cooperados, que atende as particularidades dos mercados de diferentes países”, destaca Bellardt.

Lojas agropecuárias

O segundo melhor resultado da Nater Coop em 2023 veio das lojas agropecuárias distribuídas por municípios do Espírito Santo e de Minas Gerais, cujo faturamento respondeu por uma participação de 28% no resultado final da cooperativa.  Foram abertas no ano passado seis novas lojas nos municípios de Colatina, Iúna e São Mateus (ES), Ervália, Itueta (Quatituba) e Simonésia (MG). Ao todo, a cooperativa encerrou o ano com 40 lojas distribuídas em cidades capixabas e mineiras.

Outro fator que contribuiu para agregar valor ao resultado da cooperativa foi o fortalecimento do mix de produtos lácteos da marca Veneza. Apenas em 2023 foram lançados mais de 10 novos produtos, buscando compor um mix com maior apelo junto ao mercado consumidor.

O diretor-presidente da Nater Coop, Denilson Potratz, destaca o expressivo resultado obtido em 2023 e enfatiza a força do propósito da cooperativa, que é unir famílias que alimentam famílias. “Encerramos o ano com mais de 21.800 cooperados, com crescimento de mais de 10% em relação a 2022. Ganhamos em média 175 novos cooperados por mês”, destaca ele, acrescentando que a distribuição de sobras entre os cooperados, referente ao resultado de 2023, será de R$ 17 milhões, 117% a mais que no resultado de 2021 e 9% acima do que foi distribuído no resultado de 2022.

A Nater Coop também vem fortalecendo a sua governança e lançou em 2023 o seu primeiro Relatório de Sustentabilidade, além de ter conquistado o 1º lugar no Prêmio Ser Humano, conferido pela ABRH/ES, um reconhecimento ao seu programa de Saúde Mental. Outra novidade em 2023 foi o lançamento da marca Vexgo, uma intercooperação entre a Nater Coop e a Coopetranserrana, com serviços na área de transportes.

Destaques Nater Coop em 2023

R$ 1,8 bilhão de faturamento
R$ 106,5 milhões em impostos pagos
21.851 cooperados
Mais de 1.300 colaboradores
1 milhão de sacas de café comercializadas (mercado interno + exportação)
1 milhão de quilos de pimenta-do-reino exportados
Mais de 10 novos produtos da marca Veneza foram lançados
O café Pronova figura entre os mais vendidos no site Amazon
A cooperativa é a 1ª no Ranking Setorial Agricultura e Pecuária/IEL
É a maior empregadora do agro capixaba e a 10ª maior empregadora do ES/IEL
12ª maior empresa de capital capixaba/IEL
22ª maior empresa do ES/IEL
41ª entre as 50 maiores cooperativas do agro no Brasil/Revista Globo Rural (Informações de assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here