Vice-presidente assina autorização da ZPE de Aracruz em evento da Findes

0
420
Foto: Thiago Guimarães/Findes

Alckmin esteve no ES para prestigiar o aniversário de 65 anos da Federação e participou de diversas agendas

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, esteve no Espírito Santo, nesta quinta-feira (27), e assinou a resolução que aprova a criação da Zona de Processamento de Exportações (ZPE) de Aracruz, durante o evento de 65 anos da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes).

Alckmin veio ao Estado a convite da presidente da Findes, Cris Samorini, para o encontro que ocorreu no Ilha Buffet, em Vitória. Participaram o governador do Estado, Renato Casagrande, o vice-governador e secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, o presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), Flávio Roscoe, além de outras autoridades e empresários convidados.

Quer receber as principais notícias do AGRO Capixaba, do Brasil e do mundo no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo da Revista Procampo!

“Finalmente assinamos aqui a primeira ZPE privada do país. Ela terá um grande local para instalação de empresas e atração de investimentos para agregar valor às mercadorias e aumentar a exportação”, afirmou o ministro do Desenvolvimento que confessou ser um admirador do Espírito Santo.

Cris Samorini recebeu com muita alegria a aprovação da primeira ZPE privada do país. Para ela, a instalação do projeto vai amplificar ainda mais a participação da indústria capixaba em outros países, pois o Estado já possui grande abertura ao mercado externo.

“Vamos aumentar a produtividade e a competitividade da indústria local, além de atrair novos negócios para o Estado, gerando mais empregos e renda para a população, contribuindo assim com o desenvolvimento socioeconômico do Espírito Santo. O ES será pioneiro em um modelo que permitirá as indústrias uma produção em maior escala para atender grandes demandas mundiais, o que reduzirá os custos dos produtos industrializados para o mercado nacional.”

Em sua fala, o governador Casagrande destacou a importância da ZPE. “Não existe país soberano sem uma indústria forte. Estamos animados com o Governo Federal e acredito que podemos ter estabilidade política e fiscal no Brasil. Tratamos ainda de pautas importantes para o Espírito Santo que são as rodovias, portos, aeroportos e ferrovias. Nosso Estado tem vocação logística e para o comércio exterior. A Zona de Processamento é importante, pois é investimento na veia para potencializar a indústria e o comércio internacional”, disse.

O vice-governador, Ricardo Ferraço, comemorou a aprovação da ZPE e destacou que o empreendimento consolida um importante efetivo de transformação para o Estado.

“Agradecemos ao governo federal, ao ministro Alckmin pela sensibilidade e apoio durante todo o processo. O Espírito Santo enfrenta um desafio por conta da reforma tributária e uma Zona de Processamento de Exportações significa um polo industrial endereçado ao comércio exterior, que desde sempre é a vocação do nosso Estado. O início das operações do complexo vai atrair empresas, motivar empreendedores e reforçar a força capixaba de gerar divisas.”

Ainda durante a agenda no ES, o vice-presidente e ministro, Geraldo Alckmin, junto aos governadores do Espírito Santo e de Minas Gerais, Renato Casagrande e Romeu Zema, respectivamente, acompanhou o embarque para exportação do primeiro lote de lítio verde do país.

A operação do carregamento ocorreu no Porto de Vitória. Foram enviadas 30 mil toneladas do insumo sustentável – destinado à composição de baterias de veículos elétricos – para a China.

ZPE Aracruz

A gestão da ZPE de Aracruz é de competência do Grupo Imetame, que deve garantir a infraestrutura necessária para sua operação, bem como selecionar as indústrias a serem instaladas. A participação governamental está pautada em consolidar um ambiente favorável para negócios, mantendo a austeridade e equilíbrio nas contas públicas para atrair investidores e empreendedores, favorecendo novas oportunidades. (Informações de assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here