Cooabriel confirma realização do Concurso Conilon de Excelência – edição 2023

0
364
Divulgação

Na edição 2022 do concurso, foram inscritas 94 amostras e o café campeão alcançou 89,5 pontos

A Cooabriel confirma a realização da edição 2023 do Concurso Conilon de Excelência, que neste ano alcança um marco importante: sua vigésima edição. A iniciativa, que visa enaltecer o conilon como bebida de qualidade, teve sua primeira edição realizada em 2003. Naquela época, há duas décadas, muitas barreiras precisaram ser superadas para que a ideia pudesse ser implantada.

O especialista em qualidade do café, Vanildo Págio, participou das provas do concurso desde a segunda edição e relembra os desafios enfrentados e os avanços vistos ao longo dos anos.

Quer receber as principais notícias do AGRO Capixaba, do Brasil e do mundo no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo da Revista Procampo!

“Aproximadamente no ano 2000, a Cooabriel me convidou a vir provar os cafés, quando se iniciava o Concurso Conilon de Excelência da cooperativa. Naquela ocasião, eram pouco mais de 20 amostras. Continuei participando das provas ao longo dos anos e isso perdurou por 18 safras. Chegou um momento em que foi preciso avaliar junto com os produtores, quais eram os erros e acertos nos processos de colheita e pós-colheita e a mudança foi significativa, melhorando a qualidade. Entendeu-se que era possível ter novos resultados e todo esse trabalho causou uma espécie de ‘novo start’ na qualidade do conilon”, relembra Págio.

O presidente da Cooabriel, Luiz Carlos Bastianello, ressalta que a soma de esforços contribuiu para que os resultados alcançados fossem significativos.

“Precisamos fazer uma retrospectiva e lembrar que lá em 2003, quando a Cooabriel fez o primeiro concurso, muitas barreiras precisaram ser superadas. Em decorrência do volume de produção e da melhoria da qualidade, que foram registrados ao longo desses 20 anos de história, podemos dizer que atualmente a qualidade do conilon é outra. Não se imaginava que chegaríamos a ter um produto de 90 pontos, alcançados pelo café campeão, na edição 2021. Alcançar esses resultados foi gratificante e acredito que já podemos dizer que todos os esforços valeram a pena”, comenta Bastianello.

Ainda segundo o presidente da cooperativa, a iniciativa vai muito além do evento em si. “O propósito do concurso vai muito além de se produzir um café de 90 pontos. Precisamos olhar os benefícios como um todo, trazidos para a cadeia do conilon. Já chegamos ao ponto de entender que é possível obtermos novos resultados. Agora precisamos continuar esse processo de mudança na qualidade dos cafés produzidos hoje. Isso inclui deixar de fazer um café com secagem a fogo direto e passar a fazer uma secagem com fogo indireto, pois isso muda totalmente a qualidade da bebida. A partir do momento em que fizermos novos avanços nesses quesitos, poderemos fazer uma prospecção para o futuro do conilon, que é um futuro de protagonismo”, finaliza.

Na edição 2022 do concurso, foram inscritas 94 amostras e o café campeão alcançou 89,5 pontos.

Em breve serão divulgados o regulamento e outras informações relevantes para esta nova edição. (Comunicação Cooabriel)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here