Drones serão utilizados no monitoramento de barragens no Estado

0
827
Foto: Fred Loureiro

A Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh), dando sequência às ações de fortalecimento da gestão hídrica no Estado, está utilizando drones, veículo aéreo não tripulado e controlado remotamente, para aperfeiçoar e ampliar o monitoramento hidrológico e as fiscalizações de segurança de barragens.

Os drones, adquiridos recentemente, são capazes de chegar a lugares de difícil acesso e produzir fotos e vídeos que possibilitam o mapeamento e uma fiscalização mais ampla e eficaz.

Quer receber as principais notícias do AGRO Capixaba, do Brasil e do mundo no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo da Revista Procampo!

Uma equipe da Agerh esteve nos municípios de Itapemirim e Anchieta neste mês de abril, para realizar um mapeamento aéreo em algumas áreas da região. No município de Itapemirim, foram feitas imagens do rio Muqui, com o objetivo de auxiliar a prefeitura municipal na elaboração de estudos para viabilizar ações de prevenções de cheias nessas áreas.

Para o gerente de gestão e infraestrutura hídrica da Agerh, Rafael Wolfgramm, os drones contribuem muito para as ações da Agência em todo o Estado.

“Os drones tem uma função muito importante para o setor de fiscalização, pois eles conseguem mapear microbacias de forma mais eficaz e permitem visualizar amplamente todos os usos da água. Além disso, possibilita que a Agerh apoie os diversos municípios do Estado na proposição de alternativas para garantia da segurança hídrica”, pontuou Rafael.

No município de Anchieta, na região de Jabaquara, os drones foram utilizados para realizar vistoria de barragens. Com a ação, foi possível notificar um proprietário de barragem por falta de cadastro de segurança.

Importante destacar que as barragens são de responsabilidade do empreendedor, que deve manter todas as documentações e cadastros em dia, bem como a manutenção e operação correta da barragem.

Ainda no município de Anchieta, a equipe técnica da Agerh realizou um treinamento prático de pilotagem de drone, que foi acompanhado pelo gerente de gestão e infraestrutura hídrica da Agerh, Rafael Wolfgramm.

“A Agerh mantém sempre uma importante vertente de capacitação dos servidores e dessa vez não foi diferente, pois a gestão entende a importância do aprimoramento tecnológico dos processos internos e externos, principalmente na fiscalização, criando uma condição de mais eficiência e menor gasto público”, destacou o gerente. (Comunicação Agerh)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here