Entregas de fertilizantes cresceram 6% em janeiro, aponta ANDA

0
373
Foto: Divulgação

Apesar do ritmo atípico das entregas no acumulado de 2022, Brasil registra alta das importações de fertilizantes no primeiro mês de 2023

A Associação Nacional para Difusão de Adubos (ANDA) informa que as entregas de fertilizantes ao mercado brasileiro encerraram janeiro de 2023 com 3,42 milhões de toneladas. Volume significa alta de 6,3% em relação ao mesmo mês de 2022, quando foram entregues 3,22 milhões de toneladas. De acordo com a entidade, as importações continuam chegando e abastecendo o agro, apesar do cenário logístico desafiador em meio às crises geopolíticas.

Quer receber as principais notícias do AGRO Capixaba, do Brasil e do mundo no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo da Revista Procampo!

O Estado de Mato Grosso foi o líder nas entregas no período, concentrando 28,4% do total, com 973 mil toneladas. Seguem-se: Goiás (549 mil), Paraná (357 mil), Minas Gerais (335 mil) e São Paulo (242 mil).

Produção Nacional

A produção nacional de fertilizantes intermediários encerrou janeiro de 2023 com 565 mil toneladas. Número representa redução de 9,3% ante o mesmo mês de 2022, quando foram produzidas 623 mil toneladas.

Importações

As importações de fertilizantes intermediários alcançaram em janeiro 2,53 milhões de toneladas. É uma diminuição de 22,8% ante o mesmo mês de 2022, quando foram importadas 3,27 milhões de toneladas.

No porto de Paranaguá, principal porta de entrada dos fertilizantes, ingressaram 660 mil toneladas, com queda de 26,1% em relação a 2022, quando foram descarregadas 899 mil toneladas. O terminal representou 26,6% do total importado (fonte: Siacesp/MDIC). (Assessoria Comunicação Anda)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here