Programa de Assistência Técnica do Senar entra em fase de expansão em todo Brasil

0
650
Foto: Senar-ES - Divulgação

O programa já atendeu 220 mil propriedades no país e quase quatro mil no ES

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) iniciou o Projeto de Expansão da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) para alcançar mais produtores em todo o País. A meta é aumentar em 30% as ações em todo o Brasil até 2023. Na sexta (22), a diretoria de Assistência Técnica e Gerencial do Senar Central se reuniu com algumas Administrações Regionais que participam da primeira fase do projeto de expansão, entre elas, Espírito Santo, Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro.

A supervisora geral do projeto no ES, Cristiane Oliveira Veronesi, conta que a ATeG é um dos projetos mais importantes da instituição. “Em 2022, o Senar Central resolveu colocar esse programa de expansão da ATeG no Brasil pra que a gente consiga atender mais propriedades. No Brasil, já atendemos mais de 220 mil propriedades e no programa do Espírito Santo atendemos em torno de 3.800. Nosso objetivo é chegar a marca de 5 mil atendidas desde o início do projeto”, afirma.

Quer receber as principais notícias do AGRO Capixaba, do Brasil e do mundo no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo da Revista Procampo!

A implementação do projeto de expansão será realizada por uma equipe de agentes credenciados pelo Senar, que serão distribuídos por regiões do País para elaboração de planos de ação para cada estado, considerando as particularidades das Administrações Regionais e baseado em estudos e diagnósticos. O Espírito Santo já recebeu a visita do consultor do Senar Central e já deu início ao processo com visitas em alguns municípios como Iúna, Ibatiba e Marataízes, cidade em que o Senar incluiu uma nova cultura dentro do programa, a do abacaxi.

O modelo de atendimento do programa consiste em uma visita mensal de 4 horas em cada propriedade, de forma individualizada. O produtor recebe esse atendimento de forma gratuita por um período de dois anos e quatro meses. A metodologia traz resultado imediato para o produtor rural e sua família com melhoria na qualidade de vida, já que é um atendimento personalizado que respeita os limites e a realidade de cada produtor rural

Rafael Costa, assessor técnico da Diretoria de Assistência Técnica e Gerencial do Senar Central ressalta que “essa ação tem por objetivo maximizar as ações de assistência técnica, dando a oportunidade para que mais produtores possam ser beneficiados pelas ações da metodologia proposta pelo Senar”.

O que é a ATeG?

O Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do SENAR, além de assistir o produtor, proporciona a adequação ambiental da propriedade e a regularização dos aspectos legais exigidos ao estabelecimento rural. O modelo de atendimento do programa consiste em uma visita mensal de 4 horas em cada propriedade, de forma individualizada. O produtor recebe esse atendimento de forma gratuita por um período de 2 anos e quatro meses.

A metodologia desenvolvida na Assistência Técnica e Gerencial está fundamentada em 5 etapas que abrangem todo o processo a ser aplicado no desenvolvimento da propriedade rural atendida: diagnóstico produtivo individualizado; planejamento estratégico; adequação tecnológica; capacitação profissional complementar; e avaliação sistemática de resultados.

Como Participar?

Entre em contato com Senar-ES: (27) 3185-9218 ou procure o Sindicato Rural do seu município.

Sobre o Senar-ES

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) desperta a população do campo com oferta de ações de Formação Profissional Rural, Atividades de Promoção Social, Ensino Técnico de Nível Médio, presencial e a distância, e com um modelo inovador de Assistência Técnica e Gerencial.

Criado pela Lei nº 8.315, de 23/12/91, é uma entidade de direito privado, paraestatal, mantida pela classe patronal rural, vinculada à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e administrada por um Conselho Deliberativo tripartite, composto por representantes do governo federal e das classes trabalhadora e patronal rural.

No Espírito Santo, vincula-se à Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (FAES), sendo dirigido por um Conselho Administrativo composto por representações das Classes de Produtores e de Trabalhadores Rurais do Estado e um representante do SENAR Central. Para mais informações acesse: https://www.senar-es.org.br/ (Assessoria Senar-ES)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here