Caso de vaca louca atípico: governo tenta reunião com a China para retomar exportações

0
502
Foto: Divulgação

Ministro Carlos Fávaro espera que encontro virtual ocorra até terça-feira 

O resultado da análise do laboratório da Organização Mundial de Saúde Animal, no Canadá, confirmou que o caso de vaca louca registrado no Pará é atípico. O laudo oficial está em elaboração e deverá ser enviado ainda hoje pelo laboratório. O governo federal já informou as autoridades chinesas e solicitou uma reunião, já que o país é o principal destino das exportações de carne bovina do Brasil. Desde 23 de fevereiro, o Brasil suspendeu os envios do produto ao país asiático à espera da contraprova do exame internacional. O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, nos informou que no início da próxima semana começarão as tratativas para retomada dos embarques.

Quer receber as principais notícias do AGRO Capixaba, do Brasil e do mundo no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo da Revista Procampo!

“O resultado da análise do laboratório canadense já está no sistema, já está comunicado o GACC (Administração Geral de Alfândegas da China), comunicada a Organização de Saúde Animal e agora é aguardar eles estudarem todas as informações. Nós já estamos solicitando reunião virtual, acreditamos que pode acontecer na terça-feira, para trabalharmos o desembargo”, disse o ministro. O caso atípico de vaca louca ocorre de forma espontânea, normalmente em animais mais velhos, e não há risco para o consumidor de carne bovina. Segundo a Organização Mundial de Saúde Animal, o Brasil possui risco insignificante para a doença. (Jovem Pan)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here