Cooabriel registra aumento de faturamento de 110% em dois anos

0
405
Foto: Divulgação

Em 2022, a cooperativa registrou faturamento na casa de R$ 1,84 bi

A Cooabriel, maior cooperativa de café conilon do Brasil, anunciou um crescimento de faturamento de 110%, em dois anos. Em 2022, a cooperativa registrou faturamento na casa de R$ 1,84 bi, um aumento de 38% em relação a 2021, que alcançou R$1,32 bi. Se for levado em consideração que em 2020 o número apurado foi de R$ 773.784 milhões, o faturamento mais que dobrou em dois anos, demonstrando que a cooperativa tem crescido de forma sólida e constante.

Além disso, outros marcos e números comprovam esse crescimento, como a recepção de safra, que alcançou 2.043.928 sacas, aumento de 33% em relação a 2021. E para amparar esse crescimento, diversas obras de expansão e melhorias das estruturas de armazenagem têm sido feitas. Como exemplo dessa expansão, em janeiro de 2023, uma nova unidade de armazenagem foi inaugurada em Águia Branca/ES, um investimento de cerca de R$12 milhões de reais.

Quer receber as principais notícias do AGRO Capixaba, do Brasil e do mundo no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo da Revista Procampo!

A cooperativa tem direcionado investimentos também em outras áreas, de acordo com as estratégias traçadas e, claro, também para atender às necessidades dos cooperados. Um projeto que está sendo estruturado para esse fim é o Projeto Drone Agrícola Cooabriel, que buscará ser uma alternativa para alguns gargalos na produção, como a escassez de mão de obra e tem potencial para se tornar um grande aliado na pulverização de lavouras.

Outro ponto alto entre as iniciativas da cooperativa, está a Feira de Agronegócios Cooabriel, que em 2022 recebeu mais de 12 mil pessoas e movimentou em torno de R$200 milhões em negócios, entrando para o calendário dos maiores eventos agro do Espírito Santo. Em 2023, espera-se superar essas marcas. Com esse objetivo, foram investidos R$1,8 milhões em obras de infraestrutura na área de eventos da cooperativa, em São Gabriel da Palha/ES. Os preparativos para a edição 2023 da Feira já foram iniciados e o evento acontecerá entre os dias 27 e 29 de julho.

Todo esse crescimento foi planejado e estruturado para um crescimento com solidez, mas também com garantia de segurança e de eficiência nos processos, além de qualidade e padronização dos serviços prestados. A tecnologia é uma grande ferramenta para isso e um forte investimento tem sido direcionado.  A Cooabriel está na 2ª fase de implantação do novo ERP, o Microsoft Dynamics 365 F&O (Finance & Operations) e foi reconhecida como case de sucesso pela Microsoft, além de ter se tornado a primeira cooperativa do Brasil a utilizar a tecnologia 100% cloud da Microsoft. Esse processo de renovação tecnológica foi iniciado em 2021 com previsão de término em 2024 e investimento aproximado de R$11 milhões.

Esses são alguns exemplos dos investimentos realizados, que em 2022 superaram R$28 milhões. Para 2023, muitos projetos estão sendo estruturados, alguns estão em andamento e outros serão iniciados. Estão previstos em torno de R$ 23 milhões em investimentos.

Segundo o presidente da Cooabriel, Luiz Carlos Bastianello, “os investimentos fazem parte do plano de crescimento da cooperativa e é importante que sejam contínuos, afinal, quem deixa de investir está deixando de crescer. Nosso foco é sempre o cooperado e buscamos oferecer serviços cada vez mais eficientes, trazendo sustentabilidade para a continuidade do negócio”, afirmou.

Presidente da Cooabriel, Luiz Carlos Bastianello. Foto: Comunicação Cooabriel

Embora em franca expansão, as ações da Cooabriel mantém-se baseadas nos princípios do cooperativismo. Questões importantes como a gestão nas propriedades e sustentabilidade têm lugar nas pautas e decisões. Neste último quesito, a cooperativa tem promovido diversas ações. Como exemplo disso, foram distribuídos mais de R$550.000,00 em premiação para cafés sustentáveis produzidos na safra 2022, por produtores inseridos na certificação 4C.

Para o superintendente da Cooabriel, Carlos Augusto Pandolfi, um dos fatores que chama a atenção é que esses resultados foram alcançados por produtores. “São os próprios cooperados que estão conduzindo os passos da cooperativa, a fizeram crescer e hoje temos a visão de que ela crescerá muito mais. E não estamos falando apenas na evolução de faturamento, mas também em volume, em quadro social. Não é tão comum no mercado que empresas cresçam nessa proporção, com um crescimento tão bem sustentado e feito a passos muito firmes”, concluiu. (Comunicação Cooabriel)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here