Revista Procampo vence prêmio de jornalismo cooperativista pela segunda vez consecutiva

0
383
Capa 91 edição Revista Procampo

Com a conquista, a revista garante uma dobradinha no prêmio, na categoria jornalismo impresso, já que também saiu da Procampo a matéria campeã do prêmio na última edição

A matéria “ConilON: qualidade premiada, do ES para o mundo”, assinada pelo jornalista Denys Lobo e com fotos de Jordan Andrade, publicada na atual edição da Revista Procampo (91ª edição – Set/Out 2021), foi a grande campeã da 14ª edição do Prêmio de Jornalismo Cooperativista, na categoria impresso. A publicação concorreu com outras quatro matérias e foi eleita pelo júri técnico como a melhor dentre as cinco finalistas.

Mostramos nesta reportagem premiada que uma cooperativa capixaba criou uma premiação para ajudar a fomentar produção de conilon especial no Estado, se firmando no mercado externo. Com o intuito de identificar, incentivar e premiar os produtores que produzem os melhores cafés, foi criado, em 2011, o prêmio Pio Corteletti, que leva este nome como forma de homenagear um antigo cafeicultor de Santa Teresa, reconhecido em toda a região pelo seu pioneirismo na produção de café especial e por ser um dos primeiros a exportar café no Estado.

O repórter Denys Lobo, foi o responsável por receber o troféu na premiação: Foto: Divulgação

O anúncio dos vencedores aconteceu nesta última sexta-feira (19), em cerimônia realizada no Ilha Buffet (Álvares Cabral). Na ocasião, o repórter Denys Lobo, foi o responsável por receber o prêmio. Denys celebrou a conquista: “Esse conquista pela segunda vez consecutiva vale muito pelo reconhecimento do trabalho. Encontramos uma pauta riquíssima e tive o prazer de contar um pouco dessa história do Pio Corteletti, um apaixonado produtor rural, que foi um dos primeiros a exportar café no ES e hoje dá nome ao prêmio realizado pela Coopeavi para cafés de qualidade.”, explica.

Pio Corteletti e família, um apaixonado produtor rural, que foi um dos primeiros a exportar café no ES. Foto: Arquivo pessoal

Além do primeiro lugar deste ano e do ano passado, com a reportagem “Cooperativismo sem fronteiras”, outras duas matérias da Revista Procampo já foram premiadas no evento, que é é realizado pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB-ES) e reconhecido como o principal do segmento realizado no Espírito Santo atualmente. Em 2016, a matéria “Histórias de sucesso” alcançou o segundo lugar e, em 2017, a matéria “Moeda Verde” ficou com a terceira colocação.

Resultados do 14º PJC

O Prêmio de Jornalismo Cooperativista Capixaba foi criado em 2007, com o objetivo de reconhecer produções jornalísticas cujos temas retratassem esse modelo de negócio. Ao longo da sua história, ele se tornou a maior premiação do setor no estado.

Neste ano, o PJC contou com a inscrição de 102 trabalhos, em todas as categorias existentes. Somente na votação popular, quando concorreram os cinco trabalhos mais bem avaliados pelo júri de todas as categorias técnicas, foram registrados 17.893 votos, mostrando uma participação ativa da sociedade. (redação Revista Procampo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here