Edição 88 da Revista Procampo já circula em todo ES

0
277
Capa 88ª edição Revista Procampo

Está circulando em todo o Espírito Santo e Estados vizinhos, a 88ª edição da Revista Procampo, edição especial de final de ano.

Apresentamos, em destaque nesta edição, a reportagem especial “Cana: do passado ao FUTURO”, onde mostramos que a crise atrapalha setor sucroalcooleiro capixaba, que se reinventa com diversificação de produtos e fabricação de cachaça. Com sua grande importância no agronegócio do ES, o setor passa por um período de transformação e renovação. Vamos mostrar essas importantes informações e dados na reportagem de capa desta edição especial de final de ano.

A entrevista especial desta edição é com o engenheiro-agrônomo e empresário Luciano Rastoldo Sigismondi, diretor da Litho Plant, empresa que há mais de 12 anos produz e distribui biofertilizantes para todas as culturas. Localizada em Linhares, região norte do Espírito Santo, a Litho Plant possui uma equipe de técnicos especializados e um laboratório estruturado. A indústria disponibiliza ao mercado resultados em campos comerciais através do Programa de Desenvolvimento de Mercado (PDM).

O Espírito Santo possui mais de 393 mil ha de áreas agrícolas degradadas, o que equivale a 8,54% da área estadual e 16,65% da área agrícola total, segundo dados do Centro de Desenvolvimento do Agronegócio (Cedagro). Os dados alarmantes são resultados de práticas agrícolas pouco indicadas, sendo a principal delas a ‘aração morro abaixo’. Mostramos a importância da conservação do solo nas propriedades rurais nessa matéria muito importante para o setor. E tem muito mais…

Já conhece nosso Instagram??? Siga-nos: @revistaprocampo e fique por dentro das informações do agro, notícias exclusivas, entrevistas e saiba as novidades da Revista Procampo!

Aproveitamos para desejar a nossos leitores, assinantes, anunciantes, parceiros e amigos os votos de um feliz natal e um ano novo de ótimas colheitas!

Revista Procampo. Uma leitura produtiva. Na vanguarda da comunicação rural capixaba. Leia! (Redação Revista Procampo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here