Agricultura Forte e Programa Agro+ apresentam o “Agro+Forte: o agro por ele mesmo”

0
469
Divulgação

A Associação Agricultura Forte em parceria com o Programa Agro+, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), dão início a uma série de lives que visa trazer informações para desmistificar questões e dúvidas relacionadas a agropecuária, com embasamento técnico e casos reais para que as pessoas possam conhecer, respeitar e valorizar esse setor tão importante, mas que tanto sofre por falta de comunicação.

O primeiro episódio, “Queimada ou incêndio”, será transmitido nesta quarta-feira, 28/10, às 18h, e tratará sobre o fogo no campo, com duas palestras: “Fogo no Campo: causas e consequências” e “Como a cultura da cana-de-açúcar baniu o fogo”.

O agro é uma das principais vítimas desses crimes na medida em que tem suas propriedades, lavouras e áreas de preservação ameaçadas pelas chamas. As queimadas podem causar inúmeros danos nas áreas de plantio, como matar os micro-organismos do solo, destruir a matéria orgânica e empobrecê-lo para o cultivo.

O coordenador do projeto, professor Marcelo Barreto, salienta que: “nós que conhecemos a realidade do agro precisamos ter orgulho e ser porta vozes do nosso setor, disseminar informações verídicas, e mostrar que no campo tem muita ciência, tecnologia e sustentabilidade”.

O evento é online, gratuito e será transmitido no YouTube da Agro+: https://bit.ly/canalAGROmais

Associação Agricultura Forte

A Associação Agricultura Forte é uma entidade sem fins lucrativos, situada no município de São Mateus, que reúne centenas de produtores, empresários e profissionais de todo o estado com o propósito de fortalecer e valorizar o setor agropecuário.
 
Programa Agro+

O Programa Agro+, da Universidade Federal do Espírito Santo, vinculado ao curso de Agronomia do Campus de São Mateus, procura tratar sustentabilidade de forma prática e clara. Desde 2012 vem coletando informações sobre o nível tecnológico dos produtores para que possa elaborar treinamentos, dias de campo, palestras e feiras. (Com informações de Assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here