Café segue registrando movimentações de recuperação nesta terça-feira

0
897

Após iniciar o dia com altas de mais de 300 pontos, o mercado futuro do café arábica recuou e registrava alta de até 155 pontos nos principais contratos no início da tarde desta terça-feira (4).

Março/20 registrava alta de 150 pontos, cotado a 99,40 cents/lbp. Maio/20 tinha alta de 145 pontos, valendo 101,60 cents/lbp, julho/20 subia 140 pontos, cotado a 103,90 cents/lbp e setembro/20 registrava valorização de 140 pontos, valendo 106 cents/lbp. 

O mercado registra altas de recuperação após, na última sessão, as cotações registraram baixas que preocuparam o setor por conta dos valores tão abaixo do esperado. O analista de mercado Eduardo Carvalhaes, do Escritório Carvalhaes, afirma que em termos de fundamentos o mercado não tem justificativa para quedas tão expressivas.

Durante a segunda-feira (3) o mercado interno acompanhou o exterior e o dia também foi marcado por quedas nas principais regiões produtoras do país. Eduardo afirma que diante do cenário com preços abaixo do que é esperado, o mercado interno segue travado, com baixa nos negócios fechados. 

“Chega em um momento em que a situação começa a ficar preocupante e os negócios ficam bem abaixo da média do que é esperado para o período. Os produtores que deixaram para vender o que resta de sua produção no início de 2020, no novo ano fiscal, não se mostram dispostos a vender nos preços oferecidos”, afirma o analista. Segundo Eduardo, os valores estabelecidos nesta segunda-feira (3) além de ficar abaixo do que é esperado, de uma maneira geral, não suprem as necessidades dos produtores.

O tipo 6 duro registrou desvalorização de 4,17% em Guaxupé/MG, cotado por R$ 460,00. Poços de Caldas/MG teve baixa de 2,17%, valendo R$ 450,00. Patrocínio/MG registrou baixa de 1,09%, cotado a R$ 455,00.  Espírito Santo do Pinhal/SP teve desvalorização de 2,13%, cotado a R$ 460,00. Franca/SP teve baixa de 2,17, negociado por R$ 450,00. Varginha/MG manteve a estabilidade por R$ 490,00, assim como Araguarí/SP que manteve o valor de R$ 480,00. (Notícias Agrícolas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here