Exportações de café em dezembro/19 podem ultrapassar 40 milhões de sacas

0
95
Foto: Divulgação

Com as comemorações de início do novo ano na terça e quarta-feira, a semana foi perdida para os negócios de café. Os contratos de café na ICE Futures US em Nova Iorque oscilaram bastante e fecharam no negativo em todos os pregões. Os com vencimento em março próximo acumularam perdas de 615 pontos. Como já havia acontecido na semana passada, o mercado físico brasileiro permaneceu calmo, praticamente paralisado.

Com os dias 25 de dezembro e 1º de janeiro caindo no meio da semana, quarta-feira, muitos exportadores mantiveram fechados seus departamentos de compras. Os que permaneceram abertos não conseguiram fechar negócios nas bases de preços que ofereceram aos vendedores, também poucos neste período de festas de final de ano.

Provavelmente só no final da próxima semana teremos os números finais dos embarques brasileiros de café em dezembro. Mas, com os números divulgados até agora, já é possível afirmar que nossas exportações de café ultrapassarão 40 milhões de sacas com alguma folga. Um volume extraordinário que confirma o bom momento do consumo mundial de café e o crescente avanço dos cafés do Brasil no consumo global.

Registramos aqui, mais uma vez, que no café o ano de 2019 só não foi bom para os cafeicultores, responsáveis pela produção da matéria prima que possibilitou o crescimento desse imenso negócio em que se transformou a industrialização do café em todo o mundo. Como já dissemos em nosso último boletim, os preços do café verde atravessaram 2019 comprimidos, abaixo dos custos de produção. Só subiram para patamares mais aceitáveis nos últimos dois meses do ano, quando boa parte da produção, principalmente dos pequenos e médios produtores, já havia sido comercializada.

As chuvas sobre os cafezais do sudeste brasileiro em novembro e dezembro foram irregulares, mas consideradas boas por grande parte dos produtores. Agora teremos de aguardar as chuvas e temperaturas médias nestes primeiros três meses de 2020 para podermos ter uma avaliação mais confiável de nossa safra de café 2020/2021.

O Vietnã, segundo maior produtor mundial de café e líder na produção de robusta, pretende dobrar o valor das exportações anuais de café para US$ 6 bilhões na próxima década. O plano é aumentar o volume dos grãos verdes usados pelas processadoras vietnamitas de café para 30% a 40% da produção total do país em relação aos atuais 10%, deixando disponível uma quantidade menor de café verde para exportação.

Até dia 3, os embarques de dezembro estavam em 2.039.500 sacas de café arábica, 159.181 sacas de café conilon, mais 235.835 sacas de café solúvel, totalizando 2.434.516 sacas embarcadas, contra 2.839.623 sacas no mesmo dia de novembro. Até o mesmo dia 3, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em dezembro totalizavam 3.219.128 sacas, contra 3.276.104 sacas no mesmo dia do mês anterior.

Até dia 3, os embarques de janeiro estavam em 53.883 sacas de café arábica, mais 4.426 sacas de café solúvel, totalizando 58.309 sacas embarcadas, contra 13.406 sacas no mesmo dia de dezembro. Até o mesmo dia 3, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em janeiro totalizavam 230.387 sacas, contra 225.057 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque (ICE) do fechamento do dia 27, sexta-feira, até o fechamento de hoje, dia 3, caiu, nos contratos para entrega em março próximo, 615 pontos ou US$ 8,14 (R$ 33,01) por saca. Em reais, as cotações para entrega em março próximo na ICE fecharam, no dia 27, a R$ 709,85 por saca, e hoje, dia 3, a R$ 677,74. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em março, a bolsa de Nova Iorque fechou com baixa de 75 pontos. No mercado paralisado de hoje são as seguintes cotações nominais por saca para os cafés verdes do tipo 6 para melhor, safra 2019/2020, condição porta de armazém:

R$580/600,00 – CEREJA DESCASCADO – (CD), BEM PREPARADO.
R$530/550,00 – FINOS A EXTRA FINOS – MOGIANA E MINAS.
R$510/530,00 – BOA QUALIDADE – DUROS, BEM PREPARADOS.
R$480/500,00 – DUROS COM XÍCARAS MAIS FRACAS.
R$450/480,00 – RIADOS.
R$400/420,00 – RIO.
R$400/420,00 – P.BATIDA P/O CONSUMO INT.: DURA.
R$390/400,00 – P.BATIDA P/O CONSUMO INT.: RIADAS.

(Boletim Carvalhaes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here