Produtores rurais capixabas vão concorrer a um carro 0 km

0
401
Foto: Divulgação

Dois produtores rurais do Espírito Santo vão concorrer a um carro 0 km no Prêmio ATeG 2019 – Gestão e Resultado, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). O vencedor será reconhecido nacionalmente como caso de sucesso da metodologia do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar. Geraldo Lamberti, de Itarana, e Letícia Altoé, de Jaguaré, são os concorrentes capixabas, assistidos pelo programa do Senar-ES e da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes), do convênio Terras Sustentáveis, em parceria com o Sebrae/ES.

A premiação acontece no dia 17 de dezembro, na sede do Sistema CNA / Senar, em Brasília. Geraldo e Letícia apresentaram todos os requisitos necessários para concorrerem ao prêmio, entre eles: engajamento do produtor com o Sistema CNA / Senar, promoção da sucessão familiar, desenvolvimento profissional, inovação e sustentabilidade, adequação ambiental da propriedade rural, adoção de boas práticas e desempenho e resultados com a ATeG.

O Senar-ES atende 990 produtores rurais com o programa ATeG e, mediante análise de documentos, foram selecionados cinco melhores, dentro os quais Geraldo e Letícia se destacaram. Os critérios utilizados na seleção foram direcionados pelo Senar Central. Cada regional do Senar, que realiza o Programa ATeG, enviará documentos de dois produtores para concorrerem ao carro 0 km.

“A Assistência Técnica e Gerencial mostra para o produtor rural a importância da gestão para o negócio rural. O prêmio é o reconhecimento de todo o trabalho de produtores e técnicos de campo e esperamos que venha para o Espírito Santo”, disse o presidente do Sistema Faes / Senar-ES, Julio Rocha. (Comunicação SENAR-ES)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here