Alta nas cotações do café na primeira semana de dezembro

0
220
Foto: Divulgação

O Conselho Nacional do Café (CNC) aponta que os contratos futuros do café arábica tiveram uma semana positiva, com base no desempenho registrado em novembro. Na semana passada foi divulgado que não haverá excessos na oferta de café, como se especulou anteriormente, fato que puxou o movimento de cobertura de posições vendidas por parte dos fundos de investimento.

Na Bolsa de Nova York, o vencimento Março/20 do contrato “C” subiu 580 pontos, encerrando a sessão de ontem a US$ 1,2485 por libra-peso. Já na ICE Europe, o vencimento Janeiro/20 do café canéfora (robusta) fechou a US$ 1.401 por tonelada, com recuo de US$ 5 na semana.

O dólar comercial desvalorizou no período, o que gerou impulso aos futuros do café em Nova York. Com quatro fechamentos negativos seguidos, a moeda recuou para o menor nível desde 13 de novembro, acompanhando o movimento externo. Ontem, a divisa encerrou a US$ 4,1883, acumulando perda de 1,23%.

No mercado físico, os preços espelharam o movimento internacional. Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a forte oscilação ocorrida afastou parte dos agentes, desaquecendo os negócios. Os indicadores calculados para as variedades arábica e canéfora (conilon) foram cotados a R$ 531,52/saca e a R$ 311,99/saca, respectivamente, com variações de 4,2% e -0,7%. (Café Point)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here