Líderes assinam declaração em busca de soluções para baixos preços do café

0
61
Foto: Divulgação

Após a primeira edição do CEO e do Global Leaders Forum, organizados pela Organização Internacional do Café (OIC), os principais torrefadores e comerciantes de café assinaram uma declaração sobre a sustentabilidade econômica do setor cafeeiro mundial.

Em uma sessão especial, o fórum marcou o sexto evento com o objetivo de tratar a crise dos preços do café e da sustentabilidade, contribuindo, assim, para a Agenda 2030 e para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Até a presente data, os seguintes representantes do setor privado assinaram uma Declaração de Intenção para se comprometer com ações para melhorar as condições do setor: illycaffè, Jacobs Douwe Egberts, Lavazza, Mercon, Nestlé, Neumann Kaffee Gruppe, Olam, Starbucks, Sucafina, Tchibo, Volcafé.

A Declaração também contou com a assinatura de: Rede Latino-Americana e do Caribe de Produtores de Comércio Justo; Comércio Justo Internacional; Plataforma Global do Café; Hanns R Neumann Stiftung; IDH, a Iniciativa de Comércio Sustentável; Associação Nacional do Café; Oikocrédito; Aliança da floresta tropical; Rusteacoffee; Associação de Cafés Especiais; e Desafio sustentável do café.

Todos os assinantes comprometem-se a focar em ações sobre quatro temas:

– promoção da produção competitiva e sustentável;
– promoção do crescimento responsável e equitativo;
– promoção do consumo responsável;
– promoção do diálogo público-privado sobre o desenvolvimento de políticas.

A Declaração de Londres está disponível aqui. (Café Point)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here