Seag apresenta Planejamento Estratégico 2019-2022 aos servidores

0
109
Foto: Comunicação Seag

Com o objetivo de levar informações aos servidores e unificar as ações, a Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) realizou, nessa segunda-feira (08), na sede da instituição, em Vitória, reuniões internas de Apresentação do Planejamento Estratégico da Seag 2019-2022.

Durante os encontros, realizados em quatro horários distintos para possibilitar a participação de todos os servidores, foram apresentadas ações, missões e valores da instituição. Também foram apresentados o cronograma de planejamento dos próximos meses e os critérios para análise, seleção e priorização dos projetos.

Os servidores puderam conhecer as perspectivas e os desafios existentes no setor. Os objetivos são fomentar, promover e desenvolver os programas estratégicos e essenciais da agricultura. Projetos voltados à segurança hídrica, cadeias produtivas de origem animal e vegetal e desenvolvimento rural, foram alguns dos temas discutidos.

As ações buscam desenvolver a agricultura, pecuária, aquicultura e pesca com políticas que promovam o desenvolvimento sustentável capixaba. A intenção é de que o Estado seja um exemplo de incentivo às atividades agrícolas e se consolide, nacionalmente, até 2030, como referência para políticas públicas voltadas à agricultura.

Para o coordenador de projetos da Seag, Jonas Lisboa, as reuniões visam a integrar as ações e apresentar, de forma transparente e democrática, as atividades da Secretaria de Agricultura.

“A importância maior é a de socializar as informações, com integração e valorização entre as equipes, comunicar como a Secretaria de Agricultura está se planejando para esses próximos quatro anos. Outro objetivo do planejamento é também mostrar que tudo o que a instituição faz tem um alinhamento com as ações e metas do Governo do Estado. É um momento de democratizar as informações e permitir que os colegas possam contribuir com a construção da missão, visão e dos valores da Seag”, disse.

Em relação à união dos órgãos vinculados que compõem a Seag, nesse planejamento, Jonas explica que a importância da integração. “O secretário Paulo Foletto, vem com uma proposta de maior integração entre a Seag e as instituições vinculadas, pois o que está sendo discutido não são os projetos da Seag, mas da agricultura. O nosso público quer ver o resultado das ações, então, essa integração entre as áreas vinculadas, que executam os projetos e programas, é fundamental”, afirmou.

O planejamento está sendo feito, de forma integrada, com o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa). (Seag)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here