Produtores de café e governo discutem medidas para garantir preço remunerador

0
320
Foto: Divulgação

Representantes dos cafeicultores, parlamentares e governo reuniram-se na terça-feira (07), à noite, no Ministério da Agricultura, em Brasília (DF), para discutir medidas de apoio ao setor. As cotações internacionais do grão estão nos níveis mais baixos em cerca de uma década.

Conforme comunicado do ministério, entre as propostas analisadas estão a adoção de medidas para garantir preços remuneradores para o café ainda na atual safra. Para isso, está sendo desenvolvido um novo mecanismo de apoio à comercialização da safra.

Além disso, o Ministério da Agricultura se comprometeu a trabalhar para ampliar, no Orçamento de 2020, as verbas destinadas ao apoio à comercialização, para o caso de também ser necessária uma ajuda mais efetiva aos produtores de café na próxima safra.

A Lei Orçamentária Anual de 2020 deverá ser encaminhada ao Congresso no início do segundo semestre, para votação até o fim do ano. Os valores que podem ser destinados para esta rubrica ainda estão sendo discutidos.

Uma terceira reivindicação da Frente Parlamentar do Café e das demais entidades do setor é a repactuação de dívidas dos cafeicultores. O governo está se preparando para anunciar, em breve, medidas para facilitar a renegociação de dívidas de todos os produtores rurais.

Os deputados da Frente Parlamentar do Café passaram a terça-feira reunidos na Câmara dos Deputados para fechar as propostas de consenso do setor cafeeiro para apresentar ao ministro em exercício da Agricultura, Marcos Montes, que participou da abertura da reunião, ainda pela manhã.

À noite, os parlamentares apresentaram o documento a Marcos Montes em reunião que também teve a participação, entre outros, do secretário de Política Agrícola do Ministério, Eduardo Sampaio Marques, e do presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Newton Araújo Júnior. (Estadão Conteúdo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here