Rondônia pode alcançar 2,3 milhões de sacas de café conilon nesta safra

0
238
Foto: Divulgação

Segundo o governo de Rondônia, em 17 de março de 2015 foi instituída a Lei 3516, em que no dia 10 de abril oficialmente inicia-se a Colheita do Café Conilon. A data está inserida no calendário oficial do estado e o objetivo é incentivar o cafeicultor a realizar a colheita quando o cafeeiro estiver com pelo menos 80% dos grãos maduros. Fatores genéticos e climáticos podem influenciar no período de maturação do café.

Segundo as estimativas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a safra 2019, espera-se colher 2,3 milhões de sacas de café no estado. No ano passado, Rondônia atingiu a quarta posição no Concurso Coffee Of The Year, realizado durante a Semana Internacional do Café, em Belo Horizonte (MG).

“A proposta não é determinar que todos os produtores colham no mesmo período, mas sim orientar para que, realizando a colheita dos grãos maduros, eles ganhem em rendimento e também possam agregar valor pela qualidade”, explicou o secretário estadual de Agricultura, Evandro Padovani.

Comparando o intervalo de 2017 a 2018, a produção aumentou para 2,2 milhões de sacas de 60 quilos, sendo em sua maioria da variedade robusta, um crescimento de 2,1%, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O recorde foi em 2003, quando a produção somou 2,5 milhões de sacas. Dados da Embrapa Rondônia apontam que em 2010, a safra chegou a 2,37 milhões de sacas de 60 quilos. No entanto, as áreas de produção eram 61,9% e 53,7%, respectivamente. Esse crescimento se deu às chuvas ao longo da florada e também ao começo da produção de novos cafeeiros na região. (Secom – Governo do Estado de Rondônia – por Victoria Angelo Bacon)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here