Produtores podem comprovar vacinação contra febre aftosa até a próxima quinta-feira (20)

0
150
Foto: Divulgação

Criadores de bois e búfalos do Estado têm até a próxima quinta-feira (20) para comprovar a vacinação de seus rebanhos contra a febre aftosa. Até o momento, já foi informada a imunização de cerca de 1,8 milhão de animais junto ao Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf).

O número representa cerca de 92% do rebanho total capixaba. Lideram a lista com maior índice de imunizações os municípios de Marilândia (100%), Mucurici (99,19%) e Barra de São Francisco (98,45%).

A comprovação da vacinação deve ser feita nos escritórios do Idaf. Para isso, o produtor precisa apresentar a nota fiscal da vacina, a declaração de imunização e documentos pessoais, além de informar nascimentos e mortes ocorridos desde a última atualização cadastral.

De acordo com o gerente de Defesa Sanitária e Inspeção Animal do Idaf, Fabiano Fiuza, a previsão é que o Espírito Santo mantenha seus bons índices de vacinação, assim como nas últimas etapas. “Em novembro de 2017, alcançamos um índice de 97%. Como ainda temos alguns dias antes do prazo para encerrar a comprovação, acredito que chegaremos a algo próximo desse número”, confirmou Fiuza.

Quem não vacinou?

O Instituto reforça junto aos produtores a importância de vacinar os animais contra a febre aftosa, principalmente nesse período em que o Estado trabalha para alcançar o status de livre de vacinação, por meio do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa.

Segundo Fiuza, lojas e revendas de todas as regiões capixabas adquiriram novas doses da vacina. Portanto, quem ainda não vacinou pode imunizar o seu rebanho e contribuir para manter o Espírito Santo livre da doença, o que causaria prejuízos sociais e econômicos incalculáveis para toda a sociedade. “É possível encontrar a vacina em Cariacica, Serra, Colatina, Ecoporanga, Nova Venécia, Alegre, Montanha, Pinheiros, Alfredo Chaves e em vários outros municípios”, frisou.

Esses produtores, no entanto, precisam ficar atentos: para comprar as vacinas, eles têm que passar antes nos escritórios do Idaf para emitir a autorização de compra.

Confira como vacinar o seu rebanho:

1º: Os produtores que ainda não vacinaram seus rebanhos precisam ir aos escritórios do Idaf solicitar autorização para compra de doses da vacina.
2º: Com a autorização em mãos, eles podem ir às lojas adquirir as vacinas.
3º: Vacinar o rebanho
4º: Retornar aos escritórios do Idaf para comprovar a vacinação.

(Fonte: Assessoria Comunicação Idaf)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here